ALUNOS VERA-CRUZENSES SE FORMAM NO PROGRAMA PROERD

Postado em: 08 de Janeiro de 2019 por Rotary Club de Vera Cruz do Oeste

No dia 18 de dezembro de 2018, nas dependências do salão social do centro esportivo Carlos Anizelli, os alunos dos 5° anos da rede municipal de ensino de Vera Cruz do Oeste, se formaram no programa PROERD.

O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) consiste num esforço cooperativo da Polícia Militar, Escola e Família, visando preparar crianças e adolescentes para fazerem escolhas seguras e responsáveis na autocondução de suas vidas, a partir de um modelo de tomada de decisão. Por meio de atividades educacionais em sala de aula, o policial militar devidamente capacitado, fornece aos jovens as estratégias adequadas para tornarem-se bons cidadãos, resistir à oferta de drogas e ao apelo da violência. Com ações direcionadas a toda a comunidade escolar e aos pais/responsáveis, o Proerd também promove a inclusão da família no processo educacional e de prevenção.

 

A cerimonia contou com as presenças de varias autoridades locais, Policiais militares de toda a região e a banda da 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada de Cascavel que abrilhantou o evento entoando o Hino Nacional Brasileiro e outras composições.

Ao todo 118 Alunos se formaram e são agora “Proerdianos”. O Rotary Clube de Vera Cruz do Oeste mais uma vez mostrou-se a serviço da comunidade e esteve presente ativamente nesta ação da secretaria municipal de educação.

 

O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) tem como missão ensinar aos estudantes boas estratégias de tomada de decisão para ajudá-los a desenvolver habilidades que os permitam conduzir suas vidas de maneira segura e saudável.

 

Os objetivos específicos do programa incluem: 

  • Desenvolver nos jovens estudantes habilidades que lhes permitam evitar influências negativas em questões afetas às drogas e violência, promovendo os fatores de proteção.
  • Estabelecer relações positivas entre alunos e policiais militares, professores, pais, responsáveis legais e outros líderes da comunidade escolar.
  • Permitir aos estudantes enxergarem os policiais militares como servidores, transcendendo a atividade de policiamento tradicional e estabelecendo um relacionamento fundamentado na confiança e humanização.
  • Estabelecer uma linha de comunicação entre a Polícia Militar e os jovens estudantes.
  • Abrir um diálogo permanente entre a "Escola, a Polícia Militar e a Família", para discutir questões correlatas à formação cidadã de crianças e adolescentes.

Fotos

Localizar site dos clubes