Club de
Marechal Cândido Rondon

Clubes de Marechal Rondon celebram 114 anos do Rotary com atividades em Porto Mendes

O Rotary International completa 114 anos de fundação neste sábado (23). O primeiro clube de prestação de serviços do mundo foi fundado no dia 23 de fevereiro de 1905, quando o advogado Paul Harris reuniu-se com três amigos em um pequeno escritório no centro de Chicago/EUA e criou o Rotary. Em poucos anos a instituição se espalhou pelo planeta e hoje está presente em mais de 217 países e regiões, num total de 1,2 milhão de rotarianos, distribuídos em mais de 35 mil clubes. Em Marechal Cândido Rondon há quatro clubes de Rotary e todos dedicam-se às mais variadas atividades de prestação de serviços tanto em nível local como mundial, com projetos de combate à fome, proteção ao meio-ambiente, prevenção de violência, alfabetização, combate ao abuso de drogas, erradicação da poliomielite, serviços à juventude e aos idosos, bem como conscientização e educação sobre a Aids. O empreendimento mais ambicioso do Rotary é o programa Polioplus, que começou em 1985, cujo objetivo é a erradicação da poliomielite no planeta. Para celebrar os 114 anos da organização, a Família Rotária de Marechal Cândido Rondon novamente vai desenvolver atividades no distrito de Porto Mendes, uma tradição que vem desde o centenário, em 2005. A programação começa às 8 horas e segue pelo dia todo. Segundo Grasielly Arenhardt Von Borstel, presidente do Rotary Marechal, o mais antigo da cidade, que este ano completa 50 anos, a programação começa ainda em Marechal Cândido Rondon, com um grupo de ciclistas se deslocando de bicicleta até Porto Mendes. No distrito haverá uma ação de limpeza das margens do Lago de Itaipu a partir das 9 horas, plantio de mudas de árvore no Bosque do Rotary a partir das 10 horas, um cerimonial às 11 horas, seguido de almoço e gincana na parte da tarde. “Além de ser um momento de lembrarmos e revivermos a história do Rotary, é um dia voltado à integração e promoção do companheirismo entre os rotarianos e demais integrantes da Família Rotária de Marechal Cândido Rondon”, disse a presidente.

Postado em 22 de Fevereiro de 2019

NOTA DE FALECIMENTO

O Rotary Club de Marechal Cândido Rondon, com pesar, comunica o falecimento do associado Pedro Luis Lopes Bonilha. Nascido em 14 de fevereiro de 1959, Pedrão tinha 59 anos e estava no Rotary desde fevereiro de 2014, na classificação de fabricação de materiais esportivos. Ele faleceu no final da tarde desta terça-feira (18), em decorrência de um infarto fulminante. O local do velório bem como horário dos atos fúnebres serão divulgados oportunamente. Na foto, o título de Companheiro Paul Harris que Pedrão recebeu em novembro. 

Postado em 18 de Dezembro de 2018

Rotary Marechal recebe o reforço de três novos companheiros

Em reunião festiva que aconteceu na noite da última quarta-feira (28), o Rotary Club de Marechal Cândido Rondon empossou três novos companheiros. Desta forma, o quadro associativo do clube mais tradicional da cidade fica reforçado e agora conta com 44 associados. Tomaram posse dois jovens profissionais oriundos do Rotaract. Trata-se de Andréia Oberherr e Ricardo Alfredo Quinot. Andréia, de 24 anos, é bacharel em direito e atua como assessora de juiz na Comarca de Marechal Cândido Rondon. Ricardo tem 22 anos, sendo formado em Ciências Biológicas e atua no controle de qualidade da empresa Alibra Ingredientes. Na mesma oportunidade também foi empossada a médica Verena Carvalho da Silva, de 42 anos. Formada em Belém-PA, ela trabalhou em São Luis do Maranhão e Curitiba antes de mudar-se para Marechal Cândido Rondon em 2012. Ela trabalha no Hospital Rondon e está cursando pós-graduação em UTI. Segundo a presidente do Rotary Marechal, Grasielly Raquel Arenhart von Borstel, com mais estas posses de novos companheiros, o clube segue cumprindo suas metas junto à governadoria. Ou seja, deu posse a rotaractianos e mais mulheres no clube. A presidente destaca ainda que o Rotary Club de Marechal Cândido Rondon está prestes a comemorar 50 anos de fundação. Criado em 1969, ele é o mais antigo clube da cidade e nasceu de uma iniciativa do Rotary Club de Toledo. “Com mais companheiros entrando no clube, seguimos com o quadro associativo reforçado para celebrar o jubileu de ouro. E não iremos celebrar apenas os 50 anos do Rotary Marechal, mas os 50 anos da instituição Rotary na nossa cidade, pois a partir do Rotary Marechal nasceu toda a família rotária rondonense, hoje composta por quatro clubes de Rotary, Associação de Senhoras de Rotarianos, Rotaract, Interact e Rotakyds”, acrescentou Grasielly von Borstel.

Postado em 30 de Novembro de 2018

Rotary reforça campanha para a vacinação contra a pólio e o sarampo em Marechal Rondon

Professor que contraiu pólio quando era criança dá o seu testemunho e alerta para a importância da vacinação  Até o dia 31 de agosto, todas as crianças de um ano a menores de cinco anos devem ser vacinadas contra a pólio e o sarampo. Em Marechal Cândido Rondon as vacinas estão disponíveis em todas as unidades de saúde, exceto as localizadas nos distritos de Bom Jardim e São Roque. Nestes casos específicos, os pais podem levar as crianças para as unidades mais próximas, que respectivamente são em Iguiporã e Margarida. Os clubes de Rotary do município, bem como Rotaract, Interact e Rotary Kids estão mobilizados no sentido de sensibilizar os pais sobre a importância da vacinação. A entidade, que atua mundialmente na prevenção, conscientização e na arrecadação de recursos para pesquisas e fabricação de vacinas, através do o projeto End Polio Now, trabalha novamente como parceira do município para que a meta de vacinação seja atingida. No sábado passado (11) foi realizada uma ação com a distribuição de folhetos e a abordagem das pessoas em diversos pontos da cidade. Durante a semana outras ações, principalmente de divulgação na comunidade aconteceram.  Dia D da vacinação: 18 de agosto  Os rotarianos também alertam para o Dia D da vacinação, que será neste sábado (18). Nesta data os postos de saúde do município estarão abertos das 8 às 17 horas, exclusivamente em função desta ação. É uma oportunidade extra para vacinar as crianças cujos pais e responsáveis não podem ir às unidades de saúde durante a semana. O Rotary alerta os pais que a vacina é a forma mais eficaz de inibir o reaparecimento dessas doenças, que já eram consideradas eliminadas no país. Para garantir a cobertura total contra o sarampo, mesmo as crianças de até 5 anos que já tomaram alguma dose das vacinas poderão ser imunizadas com a vacina tríplice viral. No caso da poliomielite, crianças que nunca tomaram nenhuma dose na vida receberão a Vacina Inativada Poliomielite (VIP). Já as crianças menores de cinco anos que já tomaram pelo menos uma dose da vacina, receberão apenas a gotinha (Vacina Oral Poliomielite).  Testemunho  Convidado pelos clubes de Rotary de Marechal Cândido Rondon, o professor José Jaime Zawodine, de 66 anos, participou da ação de divulgação e sensibilização sobre a importância de vacinar as crianças. O professor contraiu pólio (paralisia infantil) quando tinha apenas três meses de idade. Ele dá o seu testemunho sobre o quanto a doença interferiu na sua vida. José Jaime conta que nasceu na cidade de São João Batista (SC) em 1951. Ele lembra que naquela época muitas crianças contraíam pólio, que até então não tinha uma ação preventiva como existe atualmente. Devido a doença, José Jaime teve uma infância muito sofrida. Até os 5 anos de idade só ficava no chão ou no colo dos pais em razão da deformidade física provocada pela doença. Depois disso aprendeu a andar de muletas, que o acompanham até hoje. Mesmo depois de adquirir certa mobilidade, até os 16 anos não saía de casa. Lembra que sofria muito “bullying” e que era revoltado consigo mesmo. “O que eu fiz pra merecer isso”, se questionava na juventude. Com o amadurecimento passou a aceitar as sequelas que a doença deixou e superar os obstáculos. Estudou e tornou-se professor por mais de 30 anos. Hoje está aposentado e faz questão de deixar a sua mensagem aos pais sobre a importância de vacinar as crianças. “Se você quer dormir tranquilo, leve seu filho para tomar a vacina. A campanha é algo sério. A pólio não pode voltar”, alerta. 

Postado em 16 de Agosto de 2018

Mais um companheiro recebe o título Paul Harris

Durante a festiva da visita oficial da governadora Sônia Taube Linero aos clubes de Rotary de Marechal Cândido Rondon, foi entregue mais um título de Companheiro Paul Harris. Trata-se de Ildo Hoffmann, do Rotary Club de Marechal Cândido Rondon. Ele recebeu a homenagem das mãos da própria governadora Sônia, acompanhada do seu esposo Luiz Fernando Linero.  O título é conferido a rotarianos, ou não rotarianos, que contribuem em até 1.000 dólares para a Fundação Rotária. E quando um Rotary Club atinge a marca de 1.000 dólares arrecadados, também ele pode homenagear seus companheiros com a entrega deste honroso título. O título entregue nesta quinta-feira (19) ainda é relativa a arrecadação do Rotary Marechal no ano rotário 2017-18, quando esteve sob a presidência do companheiro Márcio da Mota. Além de Ildo, também receberam o Paul Harris no ano 2017-18, os companheiros Gilmar Divino Gomes, Márcio da Mota e Gustavo Konieczniak, bem como foram agraciados com safiras os companheiros Valmor Drechsler, Neri Wagner, Douglas Roesler e Hermínio Dassoler, que já recebeu sua segunda safira.

Postado em 20 de Julho de 2018

Rotary Marechal ganha o reforço de mais um companheiro

O Rotary Club de Marechal Cândido Rondon ganhou o reforço de mais um companheiro rotariano nas suas fileiras. Trata-se do empresário Ricardo André Arnhold, que foi empossado no clube nesta quinta-feira (19), durante a reunião festiva da visita oficial da governadora do Distrito 4640, Sônia Taube Linero. Ricardo é sócio-proprietário nas empresas Integra Automação e Auto Posto Maripá, é casado com Leila Fabiane Hoffmann Arnhold, e tem uma filha, Mariana. Ele é apadrinhado pelo companheiro Ildo Hoffmann. Com a entrada de Ricardo, o Rotary Marechal agora conta com um quadro associativo de 43 associados. Trata-se do clube mais antigo da cidade e em junho do próximo ano completa 50 anos de história. Além da posse de Ricardo, foram empossados quatro outros novos companheiros em outros clubes da cidade. São eles Mayara Caroline Schaffner, Ricardo Augusto Volrath e Wangles Spies, no Rotary Club de Marechal Cândido Rondon - Beira Lago; e Maria Zezinha Batista Mantovani, no Rotary Club de Marechal Cândido Rondon - Guarani.

Postado em 20 de Julho de 2018

Rotary Marechal lança projeto que incentiva a leitura junto ao Lago Municipal

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (19) no Parque Ecológico Rudolfo Rieger, a inauguração e lançamento do projeto “Livro no Lago”, idealizado pelo Rotary Club de Marechal Cândido Rondon. Trata-se de um ambiente com uma estante de livros instalado junto ao Lago Municipal para oferecer obras literárias gratuitamente à população, que pode retirar os livros e devolve-los voluntariamente ao local após a leitura. A inauguração ocorreu durante a visita oficial da governadora do Distrito 4640 de Rotary, Sônia Taube Linero, aos clubes de Marechal Cândido Rondon. Também prestigiaram a inauguração o prefeito Márcio Rauber, a secretária de Educação, Márcia da Mota, bem como membros da Família Rotária rondonense, entre eles o idealizador do projeto Emerson Delázari Donini e o ex-presidente do Rotary Márcio da Mota, gestão na qual iniciou a sua execução. Conforme a atual presidente do Rotary Marechal, Grasielly Raquel Arenhart von Borstel, a proposta é despertar o gosto pela leitura na comunidade, valorizando a literatura em suas diferentes formas de expressão e promovendo a cidadania. Segundo ela, o “Livro no Lago” surgiu do desejo de organizar um projeto que resgate o prazer de ler e ouvir histórias, aproveitando um espaço público de lazer muito utilizado pela comunidade onde está construído um agradável local para disponibilização gratuita de livros.  O projeto foi desenvolvido com o apoio de outras entidades e empresas da cidade, como Prefeitura Municipal, Sicredi, Sempre Vida, Carpenedo Rheinheimer Arquitetura e Engenharia, Baseforma e Imperial Blocos de Cimento. A presidente do Rotary observa ainda que a entidade também está pedindo doações da comunidade, para enriquecer o acervo já disponível no lago. "Quem tiver livros em casa e que, muitas vezes, estão esquecidos numa estante, podem doá-los para o projeto e possibilitar o acesso à leitura para muitas pessoas que por vezes não tem tanto acesso”, destaca. Por outro lado, o Rotary também convida a comunidade em geral a visitar o projeto. “Enquanto passam suas horas de lazer junto ao lago, as pessoas podem aproveitar para folhear os livros, e se interessar, levá-los para casa para ler e depois devolver”, acrescentou. O Rotary Club de Marechal Cândido Rondon foi fundado em 1969 e é o mais antigo do município. Ele apenas é um dos 4 clubes da cidade e dos 35 mil que existem ao redor do mundo. Juntos eles formam uma organização internacional que atua diretamente nas comunidades com iniciativas como esta, do “Livro no Lago”.

Postado em 19 de Julho de 2018

Ver todos

Noite da Picanha beneficia entidades em Toledo

O Rotary Club de Toledo-Lago promoveu na noite de terça-feira (19) a entrega de cheques para duas entidades beneficiadas com parte do resultado financeiro da Noite da Picanha, evento organizado pelo clube. O presidente Moacir Vanzzo e os companheiros contemplaram com os recursos a Fundação Waldir Becker que atende pessoas acometidas por câncer e a Afocato, associação que cuida de animais abandonados nas ruas.

Em 20/03/2019 por Rotary Club de Toledo-Lago

CONSTITUÍDO ROTARACT CLUB DE CAFELÂNDIA

Na noite de 18/03/2019 foi entregue a carta de constituição do ROTARACT CLUB DE CAFELÂNDIA, e que deu posso a sua primeira diretoria onde a presidência ficou com o jovem Christopher Teixeira Pinto que recebeu das mãos da governadora Sonia Tabue Linero a carta de constituição e a bandeira do Rotaract. Os quatro diretores receberão da governadora o pin simbolizando a posse. Já o presidente Darci Alberton colocou o pin na lapela dos demais sócios e entregou ao presidente o sino e o malhete para ele dar a primeira martelada no sino simbolizando a posse de todos os sócios. O presidente após a posse integra a mesa de honra com os demais ocupantes. O prefeito de Cafelândia, Estanislau Mateus Franus em seu pronunciamento desejou aos jovens que hoje deram inicio ao Rotaract muito sucesso nesta caminhada.  Já a governadora do distrito 4640, Sonia disse estar extremamente feliz com a notícia maravilhosa que é a fundação do Rotaract de Cafelândia uma das prioridades do nosso presidente de Rotary International”. A governadora prossegue dizendo que “os rotaractianos são o futuro do nosso Rotary é extremamente importante, pois são jovens muito atuantes, muitos deles profissionais já formados. O Rotaract é formado por jovens de 18 a 30 anos, então eles fazem um trabalho belíssimo na comunidade, eles aprendem muita liderança desenvolvem muito as ações em favor da comunidade e são a continuidade do Rotary na medida em que atingirem os 30 anos. Até mesmo um pouco antes já podem ter a dupla associação”, afirma Sonia.  

Em 19/03/2019 por Rotary Club de Cafelândia

FESTIVA DE 16 ANOS ROTARY CLUB DE CAFELÂNDIA

Uma noite marcada por belas lembranças e muitas emoções, foi assim a noite festiva do Rotary Club de Cafelândia comemorando nesta segunda-feira (18) o seu 16º aniversário de instalação no município. O evento foi realizado na sede social da Asmuca (Associação dos Servidores Públicos Municipais de Cafelândia). A mesa de honra contou com a presença do presidente Darci Alberton, governadora do distrito 4640 Sonia Taube Linero e seu esposo Luiz Fernando Linero, presidente do Rotary Club Integração, Valdenir Cirineu Zambrim, o primeiro presidente do clube, Jorge Fusano e a esposa Lidia Fusano e o prefeito municipal, Estanislau Mateus Franus e a primeira dama, Nilva Terezinha Stefanello Franus. O protocolo e governador assistente da área III, Marcelio Koehler fez a leitura de uma mensagem contando a história dos 16 anos do clube com a apresentação de vídeo que mostra as principais ações no período. A leitura de uma mensagem de Paul Harris chama todos os presentes para uma breve reflexão. Antes da instalação do Rotaract Club de Cafelândia, Marcelio explicou detalhadamente o que é o Rotaract, seus objetivos e as metas a serem alcançadas. A presidência ficou com o jovem Christopher Teixeira Pinto que recebeu das mãos da governadora Sonia Tabue Linero a carta de constituição e a bandeira do Rotaract. Os quatro diretores receberão da governadora o pin simbolizando a posse. Já o presidente Darci Alberton colocou o pin na lapela dos demais sócios e entregou ao presidente o sino e o malhete para ele dar a primeira martelada no sino simbolizando a posse de todos os sócios. O presidente após a posse integra a mesa de honra com os demais ocupantes. O prefeito de Cafelândia, Estanislau Mateus Franus agradeceu o convite para participar desta comemoração. “Me sinto honrado em poder estar presente nesta solenidade que marca os 16 anos de instalação do clube no município. Parabenizo todos os sócios do Rotary por estarem conduzindo de maneira digna esta instituição que trabalha em prol da nossa comunidade, desejo aos jovens que hoje deram inicio ao Rotaract muito sucesso nesta caminhada”, destacou o prefeito.  Já a governadora do distrito 4640, Sonia disse estar extremamente feliz em estar presente nesta noite festiva. “Temos hoje dois importantes motivos para comemorar, o primeiro os 16 anos de fundação do Rotary em Cafelândia, que tem uma forte atuação na comunidade, sempre com muitos projetos. O clube desenvolve projetos inclusive em parceria com o Poder Público e com a Fundação Padre Luis Luise. Além do banco de cadeiras de rodas que auxilia as pessoas que necessitam desta ajuda, também existe um trabalho forte na questão do meio ambiente. O segundo motivo é a notícia maravilhosa que é a fundação do Rotaract de Cafelândia uma das prioridades do nosso presidente de Rotary International”. A governadora prossegue dizendo que “os rotaractianos são o futuro do nosso Rotary é extremamente importante, pois são jovens muito atuantes, muitos deles profissionais já formados. O Rotaract é formado por jovens de 18 a 30 anos, então eles fazem um trabalho belíssimo na comunidade, eles aprendem muita liderança desenvolvem muito as ações em favor da comunidade e são a continuidade do Rotary na medida em que atingirem os 30 anos. Até mesmo um pouco antes já podem ter a dupla associação”, afirma Sonia. Para o presidente Darci Alberton neste momento em que o clube completa 16 anos é necessário reviver um pouco da história. “Foram muitos projetos executados ao longo dos anos, sempre pudemos contar com o apoio da comunidade na realização dos projetos e também nas promoções do clube. Afinal são 16 anos contribuindo com a melhoria do município, sempre trabalhando em prol das pessoas mais necessitadas, idosos, jovens e crianças. É satisfatório quando executamos um projeto, dentro daquilo que programamos, espero dentro do meu ano rotário cumprir as metas traçadas. Hoje agradeço a todas as pessoas que se empenharam em estar aqui para juntos comemorarmos o aniversário do Rotary Club de Cafelândia”, ressalta o presidente.

Em 19/03/2019 por Rotary Club de Cafelândia

Titulo Paul Haris - Safira

Na noite de segunda-feira, 18/03/2019, na Reunião do Rotary Club de Foz do Iguaçu, ocorrida na Casa da Amizade, o Companheiro Jandir Antônio Balvedi recebeu o Título Paul Haris - Safira. Parabéns Companheiro! Seja você também a Inspiração! Quem foi PAULL HARRIS ?? Paul Percy Harris (Racine, Wisconsin, 19 de abril de 1868 — Chicago, Illinois 27 de janeiro de 1947) foi um advogado estadunidense, fundador do primeiro Rotary Club e primeiro presidente do Rotary International.  Filho de pais de vida pouco regrada, Paul Percy Harris foi criado por seus avós paternos, Harold e Pamela. Criança e jovem travesso, era o terror da pacata cidade de Wallingford, Vermont e acabou expulso de duas escolas superiores.  Entretanto, a austeridade, a compreensão, a bondade e a tolerância de seus avós, bem como a confiança que seu primeiro patrão nele depositou, pesaram em muito na mudança de comportamento daquele que fundou e desenvolveu o que se tornaria maior entidade particular de serviço social do mundo.   Em 1891, formou-se em direito e decidiu passar os cinco anos seguintes conhecendo os EUA. Trabalhou como repórter, cowboy, professor na Los Angeles School of Business, porteiro de hotel, vendedor de granito e marinheiro. Em 1896, estabeleceu-se em Chicago e em pouco tempo tornou-se um advogado conhecido. Uma noite foi jantar com um colega do escritório, e de uma caminhada que fizeram após o jantar surgiu o Rotary.  Naquele passeio seu amigo parou em vários estabelecimentos comerciais para cumprimentar os proprietários e lhes apresentar Paul. O fato de que os clientes de seu anfitrião haviam se transformado em amigos entrou na mente de Paul Harris e nunca mais saiu. O Rotary foi criado cinco anos mais tarde como um clube onde relacionamentos profissionais pudessem ser transformados em amizade.  Quando criança, Paul Harris estudara em escolas de elite, onde os alunos tinham pouca ou nenhuma preocupação com dinheiro. Mas ao cursar de direito em lowa conheceu colegas mais velhos que haviam trabalhado duro para poder pagar seus estudos.   Possivelmente, este contato fez grande impressão em Paul Harris pois os primeiros Rotary Clubs eram formados por homens de negócio que conquistaram o que tinham por seu próprio esforço, os self-made men. O PRIMEIRO PAUL HARRIS DO BRASIL Tenho profunda admiração pelos pioneiros, aqueles que, como visionários, vêem o invisível e tomam a dianteira, rasgam horizontes e deixam suas pegadas para que outros as sigam. A história do Rotary é o exemplo da visão de um homem comum, que teve uma idéia e esta se tornou em um ideal e dentro do ideal rotário outros aportaram programas que engrandecem a nossa organização e mantém acesa a chama do ideal de servir. A Fundação Rotária do Rotary International é como uma barragem em um rio caudaloso – Rotary- que com suas turbinas geram energia elétrica que traz benefícios para as comunidades. Chambers disse que: "Um rio beneficia lugares sobre os quais a sua nascente nada sabe". Logo após a morte de Paul Harris em 1947, muitas contribuições chegaram em homenagem ao fundador do Rotary, e em 1957 foi oficializado o título de Companheiro Paul Harris, que seria outorgado a "quem contribuísse com a quantia de mil dólares, ou em cujo nome tal doação fosse feita". O primeiro a se tornar companheiro Paul Harris no Brasil foi José Garcia Molina, sócio do Rotary Club de Londrina, que em 1968 ouviu falar das bolsas educacionais, cujo objetivo era e é, criar "boa vontade entre os povos"; para tanto havia necessidade de contribuição financeira. Molina, como autêntico pioneiro, acreditou nos propósitos da Fundação e enviou sua contribuição. José Garcia Molina foi integrante da Força Expedicionária Brasileira que lutou nos campos de batalha na Itália, na última Grande Guerra. Durante a campanha "Ouro para o bem do Brasil", em 1964, ele doou uma enxada fundida toda em ouro, que fizeram em homenagem a seu pai, pioneiro em Londrina, homem humilde e afeito ao trabalho. José Garcia Molina foi presidente do Rotary Club de Londrina, no ano de 1967-68 e morreu em oito de fevereiro de 1995. Em setembro de 1993, ao visitar Londrina, o presidente de Rotary International, Robert Barth, entregou à senhora Arani Garcia, mulher de Molina, um diploma de reconhecimento pelo pioneirismo da contribuição. No ano de 1972, mais dois brasileiros receberam o título: Nicolau Filizola e Mario Frujuele, ambos do Rotary Club de São Paulo. Atualmente temos cerca de 700 mil sócios Paul Harris em todo o mundo e 22 mil no Brasil. O apóstolo Paulo nos ensina em Romanos 13,7 "A quem honra, honra"                             SAFIRAS, RUBIS E DIAMANTES As doações em favor da Fundação Rotária, em forma de títulos Paul Harris, são uma das grande fontes de recursos de sustentação das obras de nossa organização. Aquele que faz a doação recebe como reconhecimento da Fundação, um certificado da doação e um pin para usar na lapela junto ao seu distintivo. Para cada doação adicional de mil dólares, o pin receberá o acréscimo de uma safira. Depois de cinco safiras o pin passa a ter  um rubi para cada doação adicional, até 3 rubis. Aquele que fizer doações além do já descrito, acumulando 10 mil dólares, receberá um pin com um diamante. Para isto, é preciso que as doações sejam feitas no mesmo nome e não para outras pessoas, como é normalmente feito.  Fonte:  http://www.rotarybrasil.com.br/paulharrhome.htm  

Em 18/03/2019 por Rotary Club de Foz do Iguaçu

Projeto Legítimo Atleta

O Projeto Legítimo Atleta existe aproximadamente 02 anos , contempla 50 crianças e as aulas são nas terças e quintas-feiras na Amarbem no Bairro Padre Ulrico. O professor Álvaro Alexandre Francescon, e sua esposa Andreia idealizaram o projeto social, que leva ensinamentos do jiu-jitsu para crianças carentes que buscam oportunidades. E há 03 meses inicou-se o projeto Parajitsu, na categoria de Paraateltas. Há vários exemplos de alunos que estão se desenvolvendo no esporte e na sociedade, há alunos que inclusive já estão também participando de atividades rotarianas.

Em 17/03/2019 por Rotary Club de Francisco Beltrão-Novas Gerações

Projeto Legítimo Atleta

O Projeto Legítimo Atleta existe aproximadamente 02 anos , contempla 50 crianças e as aulas são nas terças e quintas-feiras na Amarbem no Bairro Padre Ulrico. O professor Álvaro Alexandre Francescon, e sua esposa Andreia idealizaram o projeto social, que leva ensinamentos do jiu-jitsu para crianças carentes que buscam oportunidades. E há 03 meses inicou-se o projeto Parajitsu, na categoria de Paraateltas. Há vários exemplos de alunos que estão se desenvolvendo no esporte e na sociedade, há alunos que inclusive já estão também participando de atividades rotarianas.

Em 17/03/2019 por Rotary Club de Francisco Beltrão-Novas Gerações

Reuniões Quartas-Feiras | 20:30
Rua Paraná,5032