Club de
Marechal Cândido Rondon

Rotary Club de Marechal Cândido Rondon recebe o reforço de mais um companheiro

Na data de 13 de novembro de 2019, o Rotary Club Marechal Cândido Rondon em reunião festiva com a Família Rotaria e visita da Governadora Maria Goreti do Distrito 4640 do ano rotário 2019/2020 "O Rotary Conecta o Mundo", realizou mais uma Posse para receber o novo companheiro, Rodrigo Carletto. O Presidente do Rotary Club Marechal, deu boas-vindas ao novo companheiro. Em seguida a Governadora Maria Goreti realizou a entrega do Pin do novo sócio e salientou “Que a utilização do mesmo, define-o como rotariano em qualquer lugar do mundo”.  A Governadora ainda parabenizou a todos os companheiros pela harmonia, companheirismo e união, agradeceu pela presença e convidou a todos para o belíssimo jantar preparado para a festiva. O mais novo Companheiro do R.C. Marechal Cândido Rondon é Apadrinahdo pelo Casal Ricardo Quinot e Andreia Oberher.  Rodrigo Carleto, tem 30 anos de idade e casado com Sally Scherer. Formado em Bacharel em Ciências Econômicas pela UEPG, o companheiro tem um amplo currículo profissional e atualmente faz parte do grupo de colaboradores do Grupo Sigha. Rodrigo também fez parte do Rotaract Club Ponta Grossa Sabará – Distrito 4730, durantes os anos de 2015-2017, onde prestou relevantes serviços ao clube.

Postado em 14 de Novembro de 2019

Governadora do Rotary visita Marechal Cândido Rondon

A governadora do distrito 4640 para a gestão 2019/2020, Maria Goreti Azevedo, está em Marechal Cândido Rondon desenvolvendo uma agenda de visitas e de compromissos relacionados aos clubes. O objetivo é manter contato direto com os companheiros de trabalho e levar o apoio da governadoria. Na tarde da terça-feira (12), a governadora e seu marido, Sebastião, foram recepcionados no portal da cidade por integrantes dos clubes rotários, onde realizaram fotos oficiais. Na sequência, eles se dirigiram para as assembleias com os clubes de Marechal, reunião com o Prefeito Marcio Rauber e visita a radios da cidade. A governadora Maria Gorete elogiou os clubes rondonenses. “Duas coisas que chamou muito a atenção sobre os clubes aqui de Marechal Rondon é que temos muitos presidentes jovens e uma grande quantidade de projetos realizados. Esses clubes são sensacionais, extremamente inspirados com energia, atuantes, unidos e fazem o que podem pela comunidade. Todos merecem ser parabenizados”, destacou a governadora. Durante a visita, ela deve se reunir com o prefeito municipal Marcio Rauber e participar de reuniões com os Rotarys clubes de Marechal Cândido Rondon. Na  quarta-feira (13), às 20 horas,  realizado-se o jantar festivo da família rotária na Casa da Amizade, com a posse de novos companheiros e entrega de certificados as empresas cidadãs.

Postado em 14 de Novembro de 2019

"Mate da Conscientização" é promovido pelo Rotary Marechal

Nos últimos 90 dias, o Brasil registrou 5.404 casos confirmados de sarampo. Dos casos confirmados nesse período, 97% (5.228) estão concentrados em 173 municípios do estado de São Paulo, principalmente na região metropolitana. Os outros 176 casos foram registrados em 18 estados (RJ, MG, MA, PR, PI, SC, RS, CE, MS, PB, PE, PA, DF, RN, ES, GO, BA E SE). Os dados estão no novo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado nesta sexta-feira (4/10). Foram confirmados seis óbitos por sarampo no Brasil, sendo cinco em São Paulo e um em Pernambuco. Quatro óbitos ocorreram em menores de 1 ano de idade e dois em adultos com 31 e 42 anos. Vacinar contra o sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito. Por isso, o Governo Federal em parceria com os estados e municípios estão unindo esforços para vacinar 39,9 milhões de brasileiros, 20% da população, que hoje estão suscetíveis ao vírus do sarampo, de acordo com o Ministério da Saúde. Apesar da faixa etária de 20 a 29 anos concentrar a maior parte desses brasileiros (35%), são os menores de 5 anos o grupo mais suscetível para complicações do sarampo. Desde o início do ano, foram distribuídas 25,5 milhões de doses da vacina tríplice viral para garantir a todos os estados a vacinação de rotina, as ações de interrupção da transmissão do vírus e a dose extra chamada de ‘dose zero’ a todas as crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias.  Como forma de conscientização o Rotary Club Marechal Cândido Rondon, promoveu no ultimo domingo (26/10), o "Mate da Conscientização", realizado no lago municipal de Marechal. Por ser um local de grande fluxo de pessoas e principalmente de lazer aos finais de semana, a ação atingiu grande numero de pessoas, principlamente crianças. Com a presença confirmada do "Zé Gotinha", que fez a alegria das crianças e dos adultos, a divulgação da necessidade da vacinação foi realizada com sucesso. Finalizando a Campanha Nacional de Vacinação, 97,95% do publico alvo, foi imunizado contra o sarampo em nossa cidade. 

Postado em 27 de Outubro de 2019

Prêmio Funcionário Padrão 2019 está com inscrições abertas.

Podem ser indicados pelos empregadores até três colaboradores de sua empresa, que tenham pelo menos três anos de atuação. Entrega da comenda acontece junto ao Prêmio Marechal Cândido Rondon, no dia 23 de novembro Seguem abertas até o dia 08 de novembro as inscrições para a 42ª edição do prêmio Funcionário Padrão, iniciativa do Rotary Club Marechal Cândido Rondon que reconhece funcionários que se destacam em suas funções nas empresas rondonenses. A entrega da comenda acontece junto ao Prêmio Marechal Cândido Rondon 2019, marcado para o dia 23 de novembro, no Centro de Eventos Werner Wanderer. O Prêmio Marechal é a comenda de maior expressão do município que reconhece e incentiva o trabalho de empresas de diversos setores.   Funcionário Padrão Idealizado pelo Rotary Club Marechal Cândido Rondon, o prêmio Funcionário Padrão foi criado como uma um projeto de serviço à comunidade, com objetivo de reconhecer funcionários que se destacam em suas funções. “Os critérios avaliados são tempo de serviço, promoções recebidas, cursos realizados na área de atuação e convivência e conceito na sociedade. Todos esses aspectos geram uma pontuação para a determinação do vencedor”, detalha o companheiro do Rotary Club Marechal responsável pelo concurso, Hermínio Dassoler.   Avaliação A indicação dos colaboradores deve ser feita pelo empregador, que pode inscrever até três funcionários com pelo menos três anos de atuação na empresa. O prêmio abrange todos os setores da economia: comércio, indústria, prestação de serviços e funcionários Poder Público. “Os formulários para a inscrição dos candidatos ao concurso estão à disposição dos empresários na sede da Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar) e, além de preenchê-los, é necessário anexar um currículo do funcionário e uma foto 3x4”, complementa.  A avaliação dos colaboradores inscritos ao prêmio acontecerá no dia 13 de novembro, às 8h30, na sede da Acimacar. A comissão avaliadora é composta por representantes do Rotary Club Marechal Cândido Rondon, membros da Comissão Organizadora do Prêmio Marechal Cândido Rondon, colaboradores da Acimacar e representantes da imprensa rondonense.   Realização A 42ª edição do concurso Funcionário Padrão é uma promoção do Rotary Club Marechal Cândido Rondon com apoio das entidades organizadoras do Prêmio Marechal Cândido Rondon: Associação Comercial de Marechal Cândido Rondon (Acimacar), JCI, Lions Clube Marechal Cândido Rondon e Aliança, Rotary Club Marechal Cândido Rondon, Beira Lago, Guarani e 25 de Julho, Loja Maçônica Quintino Bocaiúva, Sindicato Patronal do Comercio Varejista de Marechal Cândido Rondon e Microrregião (Sindicomar), Conselho Municipal de Desenvolvimento Agropecuário (CMDA), Rádio Difusora e Rádio Educadora. O Prêmio Marechal Cândido Rondon conta, ainda, com o patrocínio do Sempre Vida, Sicoob Marechal, Sicredi Aliança PR/SP e Unimed Costa Oeste.

Postado em 18 de Outubro de 2019

Família rotária distribui seis mil picolés na 3º Semana do Ciclista.

A família rotária de Marechal Cândido Rondon foi parceira da realização de encerramento da 3º Semana do Ciclista, realizada no último sábado (21), na Praça de Willy Barth. Os rotarianos doaram seis mil picolés para refrescar a tarde das famílias que participavam da ação e auxiliaram na distribuição. A comunidade participou do passeio ciclístico, atividades recreativas e sorteio de brindes, além de cuido com a saúde.  O presidente do Rotary Club de Marechal Cândido Rondon Guarani, Sérgio Alexandre Mundstock, menciona que uma das áreas de enforque do trabalho dos clubes de Rotary é Prevenção e Tratamentos de Doenças, além de incentivar o uso de bikes como meio de locomoção, incentivar o respeito no trânsito e cuidados com a saúde. “A parte mais importante do projeto é desenvolver nas pessoas o cuidado com a saúde, atividades em família, além de fazer com que as pessoas se conscientizem que pedalar faz bem à saúde, além de pensar em utilizá-las cada vez mais como veículo e que tenham cuidado no trânsito, seja como ciclista, pedestre ou motorista”, afirma o presidente.   Para o Presidente da Associação Rondonense de Ciclismo, Carlos Kracke, “é um privilégio poder contar com a entidade Rotary como parceira, já que o clube tem por objetivo criar eventos que tragam qualidade de vida, reunir a família em prol da saúde, para que nossa parceria perdure sempre”, comenta. Durante a semana outras ações de sensibilização ligadas às vertentes citadas foram realizadas. Poliomielite Em clima de conscientização, os rotarianos aproveitaram a passagem de um número expressivo de rondonenses no evento para lembrar a importância da vacinação contra a pólio, vestidos com as camisetas da campanha.

Postado em 21 de Setembro de 2019

Família Rotária repassa recurso a APAE

Na noite desta sexta-feira (20), a família rotária realizou o repasse de parte dos recursos obtidos com o jantar beneficente no Restaurante Alemão, na Expo-Rondon, à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) no valor de R$ 6 mil. O repasse é realizado há alguns anos como uma maneira de auxiliar a associação na manutenção das atividades. “Um dos grandes lemas do Rotary e que identificam muito esta ação é: mais se beneficia quem melhor serve. Trabalhar na festa do município no Salão Alemão entre companheiros é muito gratificante e se torna maior ainda quando a ação é em beneficio da APAE, pois sabemos da importância da instituição para a comunidade. Ações como essas gratificam o trabalho voluntário e fortalecem a pessoa do rotariano, principalmente quando é em benefício da educação de pessoas especiais. Portanto, a família rotária tem como um dos principais projetos a manutenção do apoio à instituição, que devemos manter no próximo ano. Agradecemos imensamente a população que lotou o restaurante no jantar beneficente”, destaca o presidente do Rotary Club de Marechal Cândido Rondon Guarani, Sergio Alexandre Mundstock  Para Silvio Franzen, presidente da instituição APAE, “é sempre muito gratificante e honroso receber doações do Rotary por ser o nosso fundador, e assim conseguimos assistir de forma adequada com saúde, educação e assistência social, pois temos 105 alunos e conseguimos trabalhar a instituição com o apoio que necessita. Para então de alguma forma amenizar o déficit que existe na instituição por conta dos valores altos de alguns setores, agradecemos de coração o apoio e sempre será muito bem-vindo”, comenta. Para o presidente do Rotary Club de Marechal Cândido Rondon 25 de Julho, Vilmar Krenchinske, “este trabalho da família Rotária, onde os clubes se unem e fazem o repasse, é gratificante em auxiliar uma instituição que tanto necessita. Dar de Si sem Pensar em Si, é um dos lemas que movem o Rotary”, complementa.  Para a presidente da Associação de Senhoras de Rotarianos (ASR), Maria Ely Sebastiani Syperreck, “é importante ressaltar que a instituição APAE é sempre muito bem vista para a ASR, e é sempre um prazer poder participar do repasse desse recurso que beneficia essa importante entidade da nossa sociedade. Esse evento realizado anualmente em conjunto com os Clubes de Rotary é o resultado da união e da força da família rotária de Marechal Cândido Rondon”.  Para o presidente do Rotary Club de Marechal Cândido Rondon, Gilmar Divino Gomes, “para nós é importantíssimo auxiliar a APAE uma instituição séria, sabemos onde estão indo os recursos, além de sermos fundadores, sabemos da importância de estarmos sempre amparando e destinando fundos  que auxiliem no bem investimento dos recursos, e as promoções é bem aproveitada”, agradece.  O jantar beneficente é uma promoção da família rotária em que todos trabalham em prol da APAE e abrem mão dos lucros daquele dia em prol da entidade. LEGENDA: Registro dos presidentes dos Clubes de Rotary e ASR, fazendo a entrega do cheque ao presidente da APAE CRÉDITO: Assessoria de Comunicação Promove

Postado em 20 de Setembro de 2019

Proprietário do Planeta Park realiza repasse ao Rotary Club Marechal Cândido Rondon.

“Os sorrisos proporcionados durante a Expo Rondon continuam”, exalta o diretor da Fundação Promotora de Eventos (Proem), Anderson Loffi, após o repasse de R$ 25 mil para o Rotary Club Marechal Cândido Rondon. A doação já realizada nos anos anteriores a entidades do município, enaltece o desenvolvimento dos projetos. O ato de entrega do cheque simbólico aconteceu na tarde do dia 18 de setembro, nas dependências da Casa da Amizade, e contou com a presença do proprietário do Parque Planeta Park, Prefeito Marcio Rauber, Presidente do Rotary Club Marechal Gilmar Divino Gomes, Diretor da Proem Anderson Loffi, Vitor Giacobo e companheiros do Rotary Marechal Herminio Dassoler e Marcio Da Mota. A doação do valor será destinada a compra de um Raio X digital. Trata-se do projeto de subsídio global com aporte da Fundação Rotária Internacional, por meio de parceria com um Rotary Club da Índia, que culminará no recebimento de recursos da ordem de US$ 80 mil (em torno de R$ 300 mil) para aplicar na aquisição de um raio X digital que será doado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Edgar Netzel. A conquista do subsídio global foi anunciada durante a Conferência do Distrito 4640, realizada em Cascavel, cuja programação contou com a participação da família rotária de todo o distrito, assim como da governadora Sonia Taube Linero. PROJETO O responsável pela elaboração do projeto de subsídio global por parte do clube rondonense, Paulo Kempfer, explicou que o projeto para adquirir o raio X digital foi iniciado na gestão do presidente Márcio da Mota. “Foi pensado em um trabalho com a Secretaria Municipal de Saúde. O presidente Márcio fez pesquisas com a equipe da Secretaria, sendo identificado com os profissionais a importância de raio X novo, visto que o atual é obsoleto e atende de forma parcial as necessidades”, comenta. Segundo Kempfer, o aparelho hoje utilizado é mais ou menos como uma máquina fotográfica analógica quando comparado com os celulares e com uma máquina digital. “O raio X digital vai agilizar e muito, vai diminuir o custo e tende a evitar problemas em alguns exames”, salienta. Conforme ele, o projeto de subsídio global consiste em um trabalho que envolve os distritos, no entanto é pago em grande parte pela Fundação Rotária Internacional. “Nós temos uma parceria com a prefeitura, que vai auxiliar dentro do clube, ao passo em que o Rotary fará a compra através do subsídio da Fundação Rotária que banca isso, junto com uma parceria internacional da Índia (Distrito 3170). Realizaremos esta compra e faremos a doação em benefício da UPA de Marechal Rondon”, destaca. Kempfer enaltece a conquista de US$ 80 mil para adquirir o equipamento que será comprado e revertido à UPA, para facilitar o atendimento aos pacientes. “Conforme relatório da Secretaria de Saúde, fomos informados de que 2,1 mil pessoas foram atendidas na UPA no período de novembro de 2018 a janeiro de 2019. O equipamento tornará o atendimento mais fácil, ágil, enfim, será muito melhor porque mais pessoas serão atendidas em menos tempo”, frisa. O Rotary Club Marechal Rondon está abrindo uma conta específica, uma vez que é necessário o envio de relatórios à Fundação Rotária Internacional, o que revela transparência nos atos. “Abrindo essa conta vamos informar os dados e assim que estiver tudo certo será efetuado o depósito no valor”, expõe. De acordo com o responsável pelo projeto, o equipamento de raio X digital deve ser importado da Alemanha ou dos Estados Unidos. “Os profissionais da Saúde indicaram o equipamento, isso porque inicialmente seria outro, porém foi encontrado esse aparelho mais adequado devido ao menor custo de manutenção”, pontua. PARCERIA Para que o projeto se tornasse bem-sucedido foi preciso encontrar um parceiro internacional. “Nós também contribuímos com a Fundação Rotária, portanto encontramos um parceiro, sendo essa a maior dificuldade. Nós elaboramos o projeto e o atualizamos até conseguir o parceiro internacional, que entra com US$ 10 mil, enquanto a Fundação Rotária investe a maior parte dos recursos. Fizemos uma parceira do nosso clube com o município, sendo que esse último vai entrar com um valor de participação”, resume. Em nível local o Rotary Club desenvolve um projeto de cada vez, mas em cada gestão há em torno de dez a 15 projetos. “Este é internacional e específico da Fundação Rotária, portanto de maior dimensão. Já tivemos projetos de bolsas de estudos para o nível superior alguns anos atrás, sendo que hoje várias pessoas estão graduadas na faculdade”, diz Kempfer. MELHORIA À SAÚDE   A presidente do Rotary Club Marechal Rondon, Grasielly von Borstel, ressalta que o equipamento possibilitará melhoria na saúde a toda população. “Quando entendemos que o equipamento utilizado estava desatualizado, percebemos a necessidade de um aparelho novo, principalmente à UPA, que é porta de entrada de acidentados não só de Marechal Rondon, mas da microrregião, então elaboramos o projeto para buscar o subsídio junto à Fundação Rotária”, conta. Segundo ela, uma equipamento de raio X está disponível na UPA, todavia o Hospital Municipal Dr. Cruzatti carece de um aparelho. “A partir do projeto de subsídio global, o aparelho existente será levado ao Hospital Cruzatti, enquanto o novo equipamento será revertido à UPA, de modo que os dois locais estarão cobertos com um aparelho cada. Para nós, do Rotary Club Marechal Rondon, isto representa um presente de aniversário, pois no dia 23 de junho o Rotary completa 50 anos de trabalho voluntário no município e de presença em Marechal Rondon”, enfatiza.  EXPERIÊNCIA  O governador assistente da Área 1 do Distrito 4640, Hermínio Dassoler, diz que o distrito mostrou interesse em apoiar o projeto já na parte inicial, sendo que a elaboração cabe a pessoas com certa experiência. “Duas pessoas foram fundamentais para o andamento e aprovação deste projeto. O Antônio Carlos, de Campo Mourão, indicou parceiros. Tive o privilégio como governador assistente de apresentar o projeto à governadora Sonia Taube Linero, que afirmou e trabalhou com afinco”, evidencia, acrescentando: “Ela procurou se inteirar, tratou com pessoas de outros países para ver como poderia ser feito, então a governadora teve uma das maiores participações para este projeto ser aprovado. Ela ficou ‘em cima’ e falou comigo e com Paulo diretamente, transmitindo notícias. A Sonia e o Antônio Carlos foram essenciais, porque não é fácil chegar à etapa do projeto de subsídio global. Por vezes precisa ter certa influência, felizmente nós conseguimos e essas duas pessoas foram decisivas à aprovação do projeto”, revela Dassoler. PROMOÇÃO DO BEM A governadora do Distrito 4640, Sonia Taube Linero, afirma que um dos fatores mais importantes dentro do Rotary Club chama-se Fundação Rotária. “Cuja missão é capacitar os rotarianos para que possam promover a boa vontade, a paz e a compreensão mundial por meio do apoio a iniciativas de melhoria da saúde, da educação e do combate à pobreza”, destaca. O presidente do Rotary Internacional, Barry Rassin, sugeriu que os 540 governadores de distritos no mundo sejam a inspiração. “Ele pediu que trabalhemos nos clubes de Rotary para desenvolver mais projetos humanitários a fim de mudar a vida de muitas pessoas. Para nossa grande alegria o Rotary Club Marechal Rondon atendeu este pedido por meio da avaliação, constatando a necessidade de um equipamento de raio X digital para obter diagnósticos mais confiáveis”, enaltece a governadora. Conforme Sonia, a notícia da aprovação enquanto governadora é motivo de comemoração, pois diversos projetos de subsídios globais foram conquistados. “Este é um projeto de grande impacto e que vai melhorar a vida da comunidade mais carente, chegando a atender 600 pessoas por mês. Não apenas o Rotary Club Marechal Rondon está feliz, como toda Família Rotária do município e do nosso Distrito 4640. Minha alegria é enorme em ter contribuído para este inédito sonho global em 50 anos”, complementa a governadora.

Postado em 18 de Setembro de 2019

Ver todos

Bolo Aniversário de Cascavel

Para comemorar o aniversário de Cascavel, nós do Rotary Club de Cascavel Leste, em parceria com a Prefeitura de Cascavel e a SEFA (Sociedade Espirita São Francisco de Assis) servimos 68 metros de bolo para a população cascavelense, na quinta-feira (14), na abertura da Expovel.   A produção ficou por conta do nosso companheiro, e proprietário da Panificadora Jardim Cristal, Luiz Francisco Kleinibing.

Em 18/11/2019 por Rotary Club de Cascavel-Leste

Campanha de Orientação e Detecção do Diabetes

O Rotary Club de Francisco Beltrão-Novas Gerações convida a comunidade para participar da 12ª Edição da Campanha de Orientação e Detecção do Diabetes que será realizado dia 23 de novembro no Calçadão Centrão, ao lado da Feira do Produtor, a partir das 7h30. Comparecer para fazer o exampe de glicemia em jejum. Os exames são gratuitos. Diabetes Mellitus. O que é?É uma doença crônica caracterizada pelo aumento dos níveis de açucar do sangue (glicemia), devido à ausência total ou parcial da insulina e/ou a incapacidade desse hormônio exercer suas funções. A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas, responsável por reduzir os níveis de açúcar do sangue. Como montar um prato saudável?É simples! Preencha a metade do prato com verduras e legumes crus e/ou cozidos. A outra metade, divida em dois e preencha 1/4 com alimentos ricos em proteína animal e vegetal e o outro 1/4, com fontes de carboidratos. Se necessário, complete a refeição com uma porção de fruta de sobremesa! Sinais e SintomasO diabetes exige alguns cuidados que são para o resto da vida, tanto para o paciente, quanto para a família. Ambos precisam tomar uma série de decisões relacionadas ao tratamento do diabetes: medir a glicemia, tomar medicamentos, exercitar-se regularmente e ajustar os hábitos alimentares. Além disso, pode ser necessário apoio psicológico. Como as consequências do tratamento são baseadas nas decisões tomadas, é de extrema importância que as pessoas com diabetes recebam educação de qualidade, ajustada às necessidades e fornecidas por profissionais de saúde qualificados.Sem a educação em diabetes, os pacientes estão menos preparados para tomar decisões baseadas em informação, fazer mudanças de comportamento, lidar com os aspectos psicossociais e, por fim, não estar equipado o suficiente para fazer um bom tratamento. O mau controle resulta em prejuízo para a saúde e em uma grande probabilidade de desenvolver complicações.O papel dos educadores em diabetes é essencial, juntamente com a equipe multidisciplinar. O educador faz com que a pessoa com diabetes monitore sua saúde com escolhas e ações baseadas em julgamento vindo da informação.A maioria dos pacientes não tem acesso à educação em diabetes, devido a fatores como custo, distância e falta de serviços apropriados. Algumas nem sabem dos serviços existentes ou não estão convencidas dos benefícios que a educação em diabetes pode trazer. Esses pacientes podem achar, por exemplo, que a interação com o médico fornece toda a educação de que precisam. A campanha do Dia Mundial do Diabetes vai promover a importância dos programas estruturados de educação em diabetes como a chave para a prevenção e o controle, além de defender mais oportunidades para inserir educação em diabetes junto aos sistemas de cuidados em saúde e às comunidades.Está faltando educação em diabetes especialmente nos países em desenvolvimento. Mesmo nos países desenvolvidos, muitas pessoas não conseguem ter acesso a ela porque não há educadores e centros em número suficiente para atender o número crescente de novos casos. Diabetes Tipo 1Em algumas pessoas, o sistema imunológico ataca equivocadamente as células beta. Logo, pouca ou nenhuma insulina é liberada para o corpo. Como resultado, a glicose fica no sangue, em vez de ser usada como energia. Esse é o processo que caracteriza o Tipo 1 de diabetes, que concentra entre 5 e 10% do total de pessoas com a doença. O Tipo 1 aparece geralmente na infância ou adolescência, mas pode ser diagnosticado em adultos também. Essa variedade é sempre tratada com insulina, medicamentos, planejamento alimentar e atividades físicas, para ajudar a controlar o nível de glicose no sangue. Diabetes Tipo 2O Tipo 2 aparece quando o organismo não consegue usar adequadamente a insulina que produz; ou não produz insulina suficiente para controla a taxa de glicemia. Cerca de 90% das pessoas com diabetes têm o Tipo 2. Ele se manifesta mais frequentemente em adultos, mas crianças também podem apresentar. Dependendo da gravidade, ele pode ser controlado com atividade física e planejamento alimentar. Em outros casos, exige o uso de insulina e/ou outros medicamentos para controlar a glicose.

Em 18/11/2019 por Rotary Club de Francisco Beltrão-Novas Gerações

19 de Novembro - O Dia da Bandeira

O Dia da Bandeira, comemorado anualmente no dia 19 de novembro, é uma homenagem à bandeira brasileira que foi criada logo após a Proclamação da República, que aconteceu em 15 de novembro de 1889. Assim, o Dia da Bandeira passou a ser comemorado somente após a Proclamação da República.  Vamos nos orgulhar de nossa bandeira, asteando em frente a nossas casas e estabelecimentos comerciais o ano todo.

Em 18/11/2019 por Rotary Club de Francisco Beltrão-Integração

ITFR - VII Torneio Brasileiro de Tênis para Rotarianos em Foz do Iguaçu

No clima de "quero mais", encerra-se o VII Torneio Brasileiro de Tênis para Rotarianos do ITFR - International Tennis Fellowship of Rotarians, que aconteceu em Foz do Iguaçu de 13 a 16 de novembro. O ITFR Internacional iniciou em 2004 e hoje participam deste grupo de companherismo mais de 2.000 atletas.  São quase 400 tenistas rotarianos na América do Sul, sendo 300 brasileiros. O torneio teve a realização pelos Rotary Clubs de Foz do Iguaçu-Grande Lago e Três Fronteiras do Distrito 4.640 e contou com a participação de 70 tenistas sendo representados por 37 clubes de Rotary do Brasil, Paraguai, Argentina e Peru. Em quatro dias de competição o objetivo final foi atingindo com muito companherismo, fair play e lazer na Tríplice Fronteira. Lembrando que toda a arrecadação das inscrições será revertida para o Programa Polioplus da Fundação Rotária na erradicação da poliomielite no mundo. O torneio teve participação destaque do companheiro  Marcos Franco associado do Rotary Club Santos-Oeste, Governador 2010-2011 do Distrito 4.420 e atual Vice-Presidente  do ITFR Internacional, bem como do companheiro Claudemar Andreoli, associado do Rotary Club Matão-Terra da Saudade do Distrito 4.540 e atual Diretor Sulamericano do ITFR Internacional. O empenho do presidente do Rotary Club de Foz do Iguaçu-Grande Lago, companheiro Giane Luiz Hames e toda a equipe na realização e organização do torneio, com a presença da família rotária iguaçuense, conjuntamente com a participação dos tenistas rotarianos  neste importante evento, fizeram a diferença e conectaram o Rotary ao esporte. O Jantar Baile do ITFR Foz será o palco das premiações com encerramento oficial de confraternização.   Lema: "O Rotary Conecta o Mundo".

Em 16/11/2019 por Rotary Club de Foz do Iguaçu-Grande Lago

Terceiro dia do ITFR

O ITFR Internacional começou oficialmente em 2004. No Brasil e América Latina iniciou-se em 2006.  Hoje existem 2.000 tenistas rotarianos inscritos no ITFR Internacional, sendo 400 tenistas brasileiros. O VII Torneio Brasileiro de Tênis para Rotarianos do ITFR Internacional está acontecendo em Foz do Iguaçu de 13 a 16 de novembro, sendo organizado pelos Rotary Clubs de Foz do Iguaçu-Grande Lago e Três Fronteiras do Distrito 4.640. O terceiro dia do evento (15/11/2019) foi marcado pela presença da família rotária iguaçuense que prestigiou as excelentes partidas dos 70 tenistas inscritos no torneio e o despertar das crianças pelo esporte. O Rotary Club de Foz do Iguaçu-Grande Lago participa com 8 atletas. Nos intervalos das partidas os tenistas realizam roteiros de turismo e contemplam as belezas naturais da Tríplice Fronteira. Lembrando que o evento participa do Programa Polioplus da Fundação Rotária, que visa a erradicação da poliomielite no mundo. Lema: "O Rotary Conecta o Mundo".

Em 16/11/2019 por Rotary Club de Foz do Iguaçu-Grande Lago

Segundo dia do ITFR

O segundo dia de evento (14/11/2019) do VII Torneio Brasileiro de Tênis para Rotarianos foi marcado por muita competição e companherismo. Os 70 tenistas inscritos buscam além da vitória a confraternização, o companherismo e se divertirem através do esporte. Usar o evento como instrumento de lazer e muito companherismo. Lema: "O Rotary Conecta o Mundo"

Em 15/11/2019 por Rotary Club de Foz do Iguaçu-Grande Lago

Reuniões Quartas-Feiras | 20:30
Rua Paraná,5032 Cep: 85960-000